HABITAÇÃO TEMPORÁRIA PARA REFUGIADOS
CONFIRA OS
Clique Aqui
HABITAÇÃO TEMPORÁRIA PARA REFUGIADOS
CONFIRA OS
Clique Aqui
Blog
ATA, CARTA PÚBLICA E INFORMAÇÕES GERAIS DO CONCURSO 002
veja mais
Conheça os vencedores do Concurso 002 - Habitação Temporária para Refugiados
veja mais
A LIBERDADE CRIATIVA EM CONCURSOS DE IDEIAS
veja mais
CONHEÇA MAIS SOBRE A SKOPE INTERCÂMBIO CULTURAL
veja mais
Concurso anterior
CONCURSO 002 - HABITAÇÃO TEMPORÁRIA PARA REFUGIADOS
Concurso Finalizado no dia 21/01/2019
Ver resultados
Jurados
Cesar Elias

Arquiteto e Urbanista graduado pela Universidade de São Paulo. É mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua há vinte anos no mercado de trabalho e já participou de diversos congressos nacionais e internacionais. É docente de ensino superior há dezoito anos. Atualmente, professor no curso de Design de Interiores no SENAC – São Carlos e de Arquitetura e Urbanismo na Universidade de Araraquara e Centro Universitário Moura Lacerda em Ribeirão Preto.

Daniel Corsi

Arquiteto e urbanista, graduado pela FAU-Mackenzie e Mestre pela FAU-USP. Professor da FAU-Mackenzie e Escola da Cidade. Premiado em diversos concursos públicos nacionais e internacionais. Seus projetos já foram expostos no Brasil e no exterior, incluindo a 12ª. e a 14ª Mostra Internazionale di Architettura della Biennale di Venezia (2010 e 2014) e o DAM - Deutsches Architekturmuseum em Frankfurt (2013), onde sua obra concluída do Fórum Trabalhista em Goiânia passou a integrar a coleção permanente. É proprietário do escritório Atelier Daniel Corsi em São Paulo. 

Marta Bogéa

Arquiteta e Urbanista pela Universidade Federal do Espírito Santo. É mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, com tese publicada sob titulo Cidade Errante: Arquitetura em movimento pela Editora Senac (2009). Professora no Departamento de Projeto da FAU-USP. Tem experiência na área de Arquitetura e Arte, com ênfase em Teoria e Projeto, atuando principalmente nos seguintes temas: arquitetura, arte, cidades contemporâneas.

Joël León

Mestre em Arquitetura pela Universidade de Toronto é ganhador de inúmeros prêmios durante a graduação. Seu trabalho é voltado para a intersecção entre arquitetura e política, lidando com questões de identidade, propriedade e governança. Seus projetos são de natureza holística integrando arquitetura, paisagem, arte com personagens e histórias locais. Joël se esforça para promover a conscientização pública sobre o impacto dos projetos no cotidiano, ajudando a construir um diálogo entre o público e a profissão arquitetônica. 

QUEM SOMOS

foto

A arquitetura é movida por ideias. Ideias que tem como ponto de partida a inspiração, a criatividade e o desejo de transformação presentes no coração e na mente de cada um dos arquitetos. Mas ideias precisam ser estimuladas, fomentadas, lapidadas. Com este objetivo em 2017 foi criada a CONCURSO ARQUITETURA. Somos uma plataforma com a missão maior de desenvolver em estudantes e novos arquitetos as capacidades de pensar, refletir e colocar em prática ideias por meio da participação em concursos.

Tendência no mundo, o Brasil ainda é um país carente na realização de concursos de ideias para arquitetos, sendo que muitos estudantes ou profissionais não encontram estímulos e motivação para participar. Pretendemos, portanto, contribuir para a mudança deste cenário e mentalidade. Através da participação em concursos, é possível colocar em prática o que aprendem no meio acadêmico, ao passo que as ideias são julgadas por arquitetos com longa experiência na área.

A CONCURSO ARQUITETURA premia, valoriza e amplifica as melhores ideias. Os concursos são de nível nacional e deste modo, quem participa tem a possibilidade de ganhar experiência e enriquecer o portfólio acadêmico e/ou profissional. 

Com isso, cremos que ao fomentar, estimular e premiar projetos de estudantes e recém-formados em Arquitetura e Urbanismo, a CONCURSO ARQUITETURA contribui para o fortalecimento da arquitetura nacional e a formação de profissionais atuantes, reflexivos e com potencial de modificar a sociedade por meio de uma arquitetura inovadora, inclusiva e com preocupação social.  

 

Parceiros